Orçamento Empresarial na Administração Financeira

O Empreendedor moderno deve ter a competência em prever e gerenciar situações e cenários presentes e futuros de um jeito dinâmico, eficiente e eficaz. O Orçamento Empresarial é mais uma importante Ferramenta dentro da Administração Financeira

O Planejamento Orçamentário Empresarial aborda aspectos Financeiros e não Financeiros, como o Ambiente onde o Negócio está inserido. É uma bússola, um mapa de ações que ajuda no sentido de orientação do Gestor em executar a estratégia

O Orçamento Empresarial  é o Plano Financeiro e Econômico, com todo controle de entradas, saídas e resultado para um determinado período. Descreve o Plano Geral de Operações e Investimentos, guiado pelos Objetivos Metas pré determinadas e traçadas pela Direção da Empresa dentro de um período de tempo.

O Processo de Orçamento é uma Ferramenta de Gerenciamento Empresarial que conclui numa Ação, onde os Gestores são influenciados no seu comportamento ao estabelecer uma Meta  a Performar, avaliando resultados ou atividades, e se necessário for antecipar as correções que retomem o caminho da Estratégia Prevista.

“O Processo Orçamentário é mais importante que o próprio Orçamento”

Montar o Orçamento é uma sistemática sequência de Ações onde vários setores e pessoas tem suas responsabilidades , é um atividade compartilhada de um “Time”

Planejamento (onde queremos chegar) > Organização (recursos da empresa) > Coordenação (atividades dos setores) > Execução (Executa ações) > Controle (comparação do previsto x realizado)

 

planejamento

 

 

é gerenciado aquilo que se mede”    –    Kaoru Ishikawa

É um Plano  Econômico Financeiro fundamentado numa Estratégia Administrativa

No Planejamento Financeiro gerenciamos todas as entradas, saídas e resultados da Empresa

Baseado no histórico, ou seja, o passado, nos preparamos para o futuro analisando os possíveis riscos e estar preparado para contorná-los e buscar alternativas na direção dos objetivos e metas quantificados todas as atividades.

Para que serve o Orçamento Empresarial ?

  • Uma bussola que ajuda na orientação do Controle e Planejamento do Orçamento Empresarial
  • Integra os aspectos Financeiros, Econômicos e Operacionais
  • Possibilita determinar Objetivos, Estratégias e Políticas
  • Integra na mesma direção as diversas partes da Empresa
  • Pela métrica quantifica todas as atividades, os responsáveis e as datas.
  • Avalia como os Recursos são utilizados e incentiva a avaliação e desempenho
  • Permite que os Sócios, Gestores e Colaboradores tenham conhecimento das verdadeiras “intensões” da Empresa e por ser uma Ferramenta eficaz nos demonstra se estamos
  • Partindo dos comportamentos passados nos ajuda a olhar para as correções e mudanças do futuro de forma a Quantificar todas as atividades da Empresa em valores Financeiros e Econômicos na direção prevista mas também nos permite realizar correções pontuais devido a variáveis não controláveis.

Como fazer o Orçamento Empresarial ?

  • Determinar de onde vão sair os Recursos Financeiros da Empresa, ou seja, todas as Fontes de Entradas, Receitas. Falamos das Vendas, Empréstimos e outras fontes
  • Determinar onde serão aplicados estes recursos, ou seja, Custos, Despesas e Investimentos.
  • Classificar todas as Contas que vai depender de cada Empresa e suas necessidades de gerenciamento.

Passos do Processo Orçamentário:

Receitas

  • Determinar o volume das vendas atuais e seu preço médio por cada produto
  • Determinar a taxa de crescimento para o próximo anos baseada nos anos anteriores, situação Econômica do Mercado, País, Variações Sazonais e claro nossa próprias Metas.
  • Realizar a projeção dos valores esperados das Vendas para o próximo ano somatório de cada mês.

Custos e Despesas Variáveis

  • Calcular os Custos sobre os Impostos das Vendas projetadas
  • Determinar a Receita Líquida das Vendas
  • Calcular os Custos e Despesas Variáveis, Comissões, Fretes e outras que dependam do Faturamento, ou seja se houver Venda. (haverá uma situação específica se a Empresa estiver no setor Industrial, Revendas ou Prestação de Serviços.
  • Determinar Margem de Contribuição e Margem Bruta
  • Prever situações de Inflação e estar atento a situação Econômica, Financeira, Política e Social dentro e fora da sua área de atuação (nicho), segmento e mercado.
  •  Determinar as Despesas Fixas e Financeiras
  • Baseado no Orçamento de Receitas, Custos e Despesas, medir se será necessário realizar alterações e ampliações como quadro de colaboradores e outros gastos.

Resultado

  • Verifique a consistência dos Orçamento de Receitas, Custos e Despesas.
  • Se as Vendas aumentam consequentemente os Custos e despesas Variáveis vão aumentar.
  • Para ganhar mais Produtividade é necessário investir nos processos (produção, gestão, vendas,,,)
  • Veja se a Margem Bruta, Margem de Contribuição e Impostos estão adequadas e compatíveis com o esperado, caso contrário corrija pensando nos investimentos para aumentar as Vendas e diminuir os Gastos, veja como ficaram os Impostos e logo a Margem Líquida.

Tipos de Orçamento Empresarial :

  • Curto e Longo prazo
  • Parcial e Global
  • Contínuo e Periódico
  • Tendência: usa dados históricos para projetar os futuros
  • Base Zero: não é porque aconteceu que deverá acontecer;
  • Estático: não permite alterações
  • Flexível ou Variável: orçamentos que podem ser ajustados;
  • Ajustado:  derivado do flexível
  • Budget e Forecast: dentro do conceito estático (projeções)

 

Categorias dos Planejamentos e Orçamentos Empresariais :

Planejamento Econômico: (receitas e despesas no DRE) inclui os Orçamentos de:

  • Vendas
  • Produção
  • Matéria Prima
  • Mão de Obra
  • Custos Indiretos de Fabricação
  • Despesas Administrativas
  • Despesas Comerciais
  • Despesas Financeiras

 Planejamento Financeiro: o Fluxo de Caixa inclui os Orçamentos de:

  • Contas á Pagar
  • Contas á Receber
  • Aplicações
  • Empréstimos
  • Caixa: elaboração do planejamento do Fluxo de Caixa mediante informações os orçamentos acima.

Orçamento do Balanço Patrimonial

  • Verifica as contas Patrimoniais assim como o DRE
  • Verifica Indicadores de Desempenho

 

 

ORÇAMENTO PROJETADO

FLUXO DE CAIXA PROJETADO

DEMONSTRATIVO DE RESULTADO PROJETADO

BALANÇO PATRIMONIAL PROJETADO

 

Conclusão:

Atingir o Resultado previsto no Planejamento e Orçamento Empresarial depende da capacidade e flexibilidade em interagir com os diversos cenários, como lidamos com situações tangíveis e não tangíveis (pessoas), como traduzimos a Estratégia da Empresa e a “democratização” das informações, tornando-se numa Ferramenta dinâmica, ágil e útil, já que ajuda a controlar, organizar e comunicar o ambiente junto a Estratégia por meio das Pessoas 

 

O objetivo do artigo é apresentar repostas ! 

Espero que tenha sido útil ! vamos continuar a falar dos 4 Demonstrativos Obrigatórios na Administração Financeira , continue lendo e pode curtir e enviar mensagens !

Obrigado !

email
About The Author

Alvaro Kovachy

Tenho 58 anos, 25 de casado e 39 de experiência profissional em Cargos Gerenciais e Direção, Funções Comerciais, Administrativas e Financeiras junto a empresas Nacionais e Multinacionais. Consultor, Assessor e Treinador Gerencial, prestando serviços para as micro, pequenas e médias empresas agregando valor e informação nos processos, produtos e pessoas afim de tornar seus Negócios Mais Lucrativos

Leave A Response

* Denotes Required Field